Blog

Software de ponta feito por times excepcionais, nocionalmente e internacionalmente.

Group 345

Principais indicadores de performance com Power BI

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Para uma alta competitividade, é preciso que você mensure seus resultados, através dos principais indicadores de performance para a tomada de decisão na sua empresa.

Se manter de forma competitiva no mercado depende de muita dedicação. Mas os esforços são válidos apenas quando alocados de forma correta, ou seja, conseguindo medir os principais indicadores de sua empresa.

[adrotate banner=”10″]

Neste artigo, mostramos os principais indicadores de performance que podem ajudar a ter resultados rápidos, e que são prontos para implementar na sua operação.

Esses indicadores auxiliam no controle das informações, tomada de decisões e obtenção de insights que podem alavancar seu negócio de forma escalável e dar mais consistência na sua tomada de decisão.

Principais Indicadores hospitalares:

No ano da pandemia, o setor da saúde esteve entre os principais investimentos em âmbito global. Isso fez com que a necessidade de atender mais pessoas em menos tempo deixasse de ser algo apenas para os plantões e passasse a ser a rotina de todos os profissionais da saúde.

Com o aumento desta demanda, alguns indicadores de performance foram criados para otimizar o tempo de atendimento dos pacientes. Bem como para gerar insights sobre as principais doenças e quais os métodos de atendimento.

Indicadores:

  • Taxa de ocupação de leitos;
  • Estoque de sangue: por tipo;
  • Ficha médica de pacientes;
    • Restrições alimentares;
    • Restrições de medicamentos;
    • Internações anteriores.

Principais Indicadores do setor de nutrição:

O setor health é dos setores com mais investimento no ano de 2020. Ele enquadra a nutrição como um fator fundamental para manter a saúde em dia.

Com a crescente busca pelo setor de nutrição, cada vez mais nutricionistas precisam fazer com que o seu modelo de negócio seja utilizado de forma escalável. Entretanto, um desafio é manter a qualidade do serviço e conservar o atendimento personalizado para cada um dos seus clientes.

Dessa forma, esses indicadores com o Power BI podem fazer a diferença na hora de criar dietas e acompanhar a saúde de seus pacientes, alguns desses KPI’s são:

  • Quantidade calórica de alimentos;
  • Ficha médica do paciente;
  • Avaliações periódicas;
  • Peso;
  • IMC;
  • Dietas;
  • Frequência de atividades físicas.

Principais Indicadores no mercado logístico:

A inteligência de negócio logístico é um ponto chave dentro de uma empresa. Isso porque existe o investimento nesse setor que necessita sempre de atualizações e melhorias para manter a competitividade da empresa. Dessa forma, diversas soluções são desenvolvidas em pequenos espaços de tempo.

Então, para saber quais os principais influenciadores (tanto positivos como negativos) deste negócio, é necessário que os indicadores de performance sejam criados de forma personalizada e que atenda a todas as exigências (tanto da empresa como dos clientes). Seguem alguns deles:

  • Custo logístico;
  • Percentual de cargas rastreadas;
  • Otimização de carga (percentual de ocupação);
  • Efetividade de carga (envio e devoluções);
  • Rastreabilidade do inventário.

Principais Indicadores do setor produtivo industrial:

A galinha dos ovos de ouro são os indicadores de produção, que geralmente são utilizados atrelados a indicadores de qualidade e também de manutenção. Ou seja, os três juntos são os pilares da empresa quando o assunto é efetividade.

  • Quantidade produzida;
    • Por máquina;
    • Por produto;
    • Dia/hora/mês/ano;
  • Quantidade Planejada.

Principais Indicadores do controle de qualidade:

Indicadores de controle de qualidade são importantes para garantir que o custo de produção se mantenha de forma com que isso não prejudique a qualidade. Por isso, a equipe de processos passa por diversas etapas para que isso seja possível.

Entretanto, para garantir que tudo está caminhando conforme planejamento e escopo, é indispensável possuir indicadores de performance para assegurar a garantia da qualidade do seu  produto.

  • Quantidade de refugos;
    • Tipos de refugo;
  • Six Sigma;
    • Máquina;
    • Grupo de máquinas;
    • Grupo de produtos;
  • Peças reaproveitadas.

Principais Indicadores financeiros:

Esses indicadores contribuem com os setores que são responsáveis por toda a entrada e saída de dinheiro da empresa, precificação de produtos e processos e contratação de terceiros. Ou seja, aqui são calculadas as margens de lucro, os budgets e forecasts, e muito mais, conforme exibido abaixo:

 

Portanto, para que a empresa possua uma boa saúde financeira, é imprescindível que faça bons investimentos. Dessa forma, o primeiro ponto deve focar nos principais indicadores pautados pelas principais movimentações de entrada e saída de dinheiro. Tudo isso com filtros por período e também por prioridades.

  • DRE;
  • Contas a receber;
    • Por período;
    • Por cliente;
    • Estado/país;
  • Faturamento bruto;
  • Faturamento líquido;
  • Principais despesas;
  • Margem de venda.

Principais Indicadores de e-commerce:

Já não é novidade pra ninguém que as lojas virtuais estavam em uma crescente gigantesca. Com a pandemia, esse crescimento aumentou ainda mais, fazendo com que as empresas investissem mais em tecnologia escalável e conseguindo manter o bom atendimento do cliente com a ajuda do Power BI.

Com isso, alguns indicadores de performance são inevitáveis para que a gestão do e-commerce traga números e insights para agregar nas estratégias de vendas e também na gestão dos processos gerenciais. São eles:

  • Produtos mais comprados;
  • Produtos com maior efetividade – venda/devolução-reclamações;
  • Previsão de estoque médio;
  • Estoque mínimo;
  • Produtos mais clicados;
  • Tempo de envio médio de pedidos;
  • Produtos com maior percentual de lucro;
  • Taxas operacionais.

Principais Indicadores de RH (Recursos Humanos):

A porta de entrada para toda empresa é o setor de RH. Entretanto, saiba que ele não é responsável apenas por processos seletivos. Também é de responsabilidade do setor acompanhar toda a carreira de um funcionário dentro da empresa.

Além disso, o setor contribui na formação dos colaboradores para que possam realizar upgrades de carreira (tanto na parte técnica como na parte comportamental).

Para isso, o RH utiliza vários sistemas de gestão de pessoas para aprimorar essa experiência com o funcionário. Diante disso, alguns indicadores de performance são fundamentais para fazer com que a equipe de RH possa realizar algumas análises de forma escalar e de forma singular contribuir com o crescimento de todos os funcionários. Veja alguns:

  • Headcount;
  • Salários;
  • Progressão salarial;
  • Curso de capacitação;
  • Hard Skills;
  • Soft Skills;
  • Formação;
  • Idiomas.

Principais Indicadores com mapeamento geográfico:

Essa seção de indicadores pode ser juntamente utilizada com alguma outra categoria para agregar valor nos insights relacionados ao volume de vendas por região. Ou até mesmo a quantidade de quilômetros rodados por algum serviço de transporte em um devido tempo. São eles:

  • Por continente;
  • Heatmap;
  • Por país;
  • Rota de transporte;
  • Por estado;
  • Por cidade;
  • Rota de voo;
  • Por rua.

Principais Indicadores de Persona:

A sua empresa só existe porque existem clientes interessados nos seus produtos ou serviços. Dessa forma, nada mais justo do que conhecer o seu cliente e entender quais as melhores práticas para atendê-lo de forma inteligente. Bem como procurar formas de estar sempre melhorando os serviços oferecidos ou até mesmo na forma de oferecê-los.

A melhor forma de conhecer seu cliente é registrando seus dados, compras, exigências e localidade. Portanto, com esses dados, é possível criar indicadores para gerir informações. Para isso, os processos gerenciais são fundamentais na criação de indicadores que facilitem a estratégia da empresa e o entendimento das tendências do cliente.

O mercado está mudando muito rápido. Com isso, alguns clientes podem optar por mudar de fornecedor ou até mesmo mudar de segmento. Para que sua empresa esteja sempre por dentro dessas informações, é fundamental que você consiga analisar todos os acontecimentos históricos e prever possíveis acontecimentos utilizando inteligência artificial e facilitando na tomada de decisões. Isso tudo pode ser analisado através dos indicadores definidos.

  • Clusterização de clientes;
    • Por Recência;
    • Frequência;
    • Valor;
  • Formas de pagamento;
  • Condições especiais;
  • Descontos;
  • Previsão de compra;
  • Previsão de pagamento;
  • Período sem comprar.

Principais Indicadores para produtos:

Desde o processo de pesquisa e desenvolvimento até o processo de envio de um produto para o cliente final, ele passa por um rigoroso controle que pode ser dividido em diversos fatores.

Indicadores são triviais para saber se o produto é realmente efetivo ou não. Isso porque todo produto surge para sanar algum problema (ou pelo menos é assim que deveria ser). Por isso, antes de criar qualquer produto, o principal processo é o escopo e levantamento de requisitos, em que são colocados em prática todos os conceitos técnicos de engenharia, logística e  materiais.

Todos esses processos influenciam diretamente no custo do produto e nos benefícios que ele irá oferecer ao mercado. Para isso, são utilizados indicadores de performance e simuladores para garantir sua efetividade. Assim, nada mais claro do que dados para provar sua efetividade dentro da cadeia de produção e distribuição. Com isso, surgem os principais indicadores de produto:

  • Volume do produto;
  • Categoria;
  • Subcategoria;
  • Preço;
  • Custo;
  • Margem;
  • Previsão de produção;
  • Histórico de qualidade.

Principais Indicadores de Supply Chain:

Com o alto volume de compras online e a escassa quantidade de espaço disponível nos centros logísticos, a otimização do estoque passou a ser um elemento primordial em todo tipo de negócio. Seja estoque intermediário ou até mesmo estoque de produto acabado, que, aliás, são os processos que mais necessitam de otimização.

  1. Estoque intermediário: são produtos que são manufaturados em mais de um local. Ou seja, o produto é manufaturado, mas, após esse processo de manufatura, ainda existe mais um processo de montagem. Para isso, o produto precisa ser armazenado em algum local intermediário para que posteriormente seja montado.
  2. Estoque de produto acabado: neste local ficam armazenados somente produtos que já estão prontos para serem vendidos ou até mesmo para já serem enviados para o cliente final. Porém, algumas empresas necessitam produzir uma quantidade mínima para manter estoque e atender possíveis clientes emergenciais. Para isso, conta com uma área de armazenamento que entra no custo do processo e acaba elevando o custo final do produto.

A área de Supply Chain precisa de indicadores e metas para poder manter a entrada e saída de produtos alinhada com os processos gerenciais. E, assim, fazer com que o custo final do produto não seja maior do que o custo de venda.

  • Estoque mínimo;
  • Preço de armazenamento por volume;
  • Estoque médio;
  • Giro de estoque;
  • Estoque máximo;
  • Perdas;
  • Taxa de retorno;
  • Tempo de reposição;
  • Ruptura de estoque.

Principais Indicadores de segurança do trabalho:

Todos os setores possuem um papel importante no funcionamento da empresa. Mas, atualmente, o melhor cliente é sempre o funcionário. Isso porque é ele que vivencia todos os processos internos e sabe como é feita a garantia de qualidade e do produto. Entretanto, para que isso aconteça, os equipamentos devem estar em excelente estado de utilização e não oferecendo risco nenhum aos operadores.

Com isso, os indicadores de performance de segurança servem não só para garantir que os funcionários trabalhem sem risco de acidentes, mas também para lhes proporcionar qualidade no trabalho, ergonomia, evitar desgaste desnecessário e otimizar rotas.

Um dos fatores que segue a ISO 14001 é o fator ambiental. Para que isso seja controlado de forma íntegra nos setores da empresa, é de extrema importância que o descarte dos produtos seja feito de maneira correta e controlada. Portanto, nada melhor do que um indicador para que as auditorias sejam cumpridas com excelência.

  • Quantidade de dias sem acidente;
  • Quantidade de acidentes;
  • Principais fatores;
  • Áreas com maior risco;
  • Número de inspeções;
  • Tempo médio de resolução de riscos;
  • Número de treinamentos sobre segurança do trabalho;
  • Avarias de equipamentos.

Principais Indicadores da manutenção industrial:

O setor de manutenção de uma empresa é responsável por manter as máquinas funcionando e garantindo que estejam em total capacidade de produção. Dessa forma, garante que outros setores possam realizar a programação de uma variedade de produtos funcionando conforme o planejado.

A manutenção preventiva é um dos principais pontos responsáveis pelo indicador de performance de uma empresa que trabalha com linhas de produção. Isso porque o pilar de disponibilidade representa uma fatia importante do maior indicador de efetividade global de um equipamento.

O OEE (Overall Equipment Effectiveness) representa a quantidade de peças produzidas em um determinado intervalo de tempo, levando em consideração a disponibilidade da máquina e a qualidade dos produtos. Ou seja, é um indicador de performance que pode ser calculado de forma enxuta e expandir o seu resultado para grandes áreas, como por exemplo:
Qualidade, Manutenção, Engenharia de processos e Programação de Produtos.
Veja os indicadores:

  • MTBF – Mean Time Between Failures;
    • Tempo médio entre falhas;
  • MTTR – Mean Time To Repair;
    • Tempo médio entre o reparo;
  • Disponibilidade;
  • Cumprimento dos planos de manutenção preditiva;
  • Cumprimento dos planos de manutenção preventiva;
  • Principais motivos de quebras;
  • Horas paradas;
  • Custos de manutenção;
    • Equipamentos;
    • Mão de obra;
    • Serviços de terceiros.

Conclusão

Existem diversos indicadores que são de padrão mundial. Entretanto, o melhor indicador é aquele que consegue trazer melhorias rentáveis à sua empresa. Fazendo, assim, com que o tempo entre o surgimento do problema e a sua solução sejam encurtados.

Ou seja, isso, na prática, traz resultados e insights que podem ser convertidos em forma de otimização de processos gerenciais, proporcionando uma tomada de decisão baseada na cultura data driven.

Nossa consultoria conta com os principais indicadores de padrão mundial para todos os segmentos do mercado. Dessa forma, realizamos diversas pesquisas e temos total convicção de quais são os KPI’s (Key Performance Indicator) que auxiliam no controle das informações, tomada de decisões e obtenção de insights que podem alavancar seu negócio de forma escalar.

Contamos com uma equipe especializada em entendimento de modelo de negócios para que novos indicadores possam ser implementados de maneira rápida e eficaz. Então, fale com um de nossos especialistas clicando aqui.

[adrotate banner=”11″][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Gostou do conteúdo? Compartilhe

Acelere a Transformação
Digital da sua Empresa

Por favor, preencha o formulário
ou ligue (11) 3055-3404.

Contate-nos

Inteligência em Tecnologia

Luby BR

São Paulo – Brazil
Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 50, 17º andar – Itaim Bibi

Luby USA

Miami – USA
1110 Brickwell Ave, ste 310

Copyright ©2023 Luby Technology LLC. All rights reserved.

Rolar para cima